A tocha do mal

jun 21 2016 Published by under Zé do Bode

Brasil

O Brasil é a terra mãe da palhaçada, isso todos nós já sabemos de longas datas, mas com a gastança da “Tocha Olímpica” em meio à desemprego e padecimentos, passamos a ser também a terra mãe dos trouxas. Rodar o Brasil todo de avião, com seguranças, com mordomias aos dirigentes e condutores, a tocha que era para ser o símbolo das Olimpíadas a cada dia que passa vem se transformando em motivo de chacota. Na última segunda-feira, dia 20 de junho de 2016, uma pobre onça foi sacrificada, momentos antes havia participado de um evento envolvendo a tocha. A onça que era chamada por Juma foi abatida, contam-se versões para boi dormir, acreditem-se nelas quem quiser. Enquanto o Estado do Rio de Janeiro entra em estado de calamidade pública, enquanto tal Estado sequer consegue honrar com os seus compromissos, o povo por obrigação é forçado a sorrir um falso sorriso e ter esperança que os Jogos Olímpicos do Rio trarão a eles o paraíso. Com tudo que vimos e vivemos nos últimos anos no Brasil, o final de tudo isso já podemos prever. Se a Olimpíada depender de minha audiência… deixe pra lá.

Crônica de Zé do Bode.

Fonte da Foto: Internet.

Comments are off for this post