Um passo dado, uma pegada, um adeus

jan 18 2013 Published by under Poesia

O que passou, passou, se perdeu, ficou para trás

Sem razão, sem perdão, com ou sem emoção

O que passou, passou, se perdeu, ficou para trás

Que seja o ar que respiramos

Que seja a urina que expurgamos

O que passou, passou, se perdeu, ficou para trás

Que seja o sexo, um beijo, um sorriso, ou um abraço

O que passou, passou, se perdeu, ficou para trás

Que seja no caminho, no amor, na idade

O que passou, passou, se perdeu, ficou para trás

Que seja na leitura começada

Na meditação forçada

No agora que já se cala

O que passou, meu amigo, passou, se perdeu, ficou para trás

Que seja nos passos dados

Nas falsas pegadas

Ao coração saudade e mais nada

O que passou, passou, se perdeu, ficou para trás

Meu amigo

O que você leu

Se foi

Não volta mais

O que passou, você sabe

Se perdeu

Ficou para trás.

Comments are off for this post