Falando do Amor

fev 22 2015 Published by under Poesia

Falando do Amor

*

Amor é desejo que queima e cobra

É cobertor que protege e afoga

É compaixão pelo irmão que chora

Labaredas crescente que no corpo se acomoda

Mar manso de satisfação as almas que olham

Mãos estendidas a dor da desilusão

Sentimento que se expressa nas formas

Pulsa em ondas invisíveis

Pelos poros do ser brota

Contagia e se deixa enfeitiçar

Machuca com seus caninos a carne

Ao mesmo tempo cola

Para o amor sempre as flores

As mais doces palavras

Do cosmo todas as belezas

Poesia e exaltação

É sequência, é ritmo, é ordem

Não machuca

Prolifera

Os opostos nele se unem

Na sua eternidade é deus

Não morre.

Comments are off for this post