Archive for: janeiro 1st, 2015

A má sorte de jogar na Mega-Sena

jan 01 2015 Published by under Crônica

mega-da-virada

Pensei em fazer uma fezinha na Mega da Virada, quando cheguei à lotérica e vi o tamanho da fila, recuei. Um senhor estava marcando os números na cartela. Indaguei-o quais ele iria jogar. Ele me disse que iria marcar os números da sorte dele, que sempre apostava nos ditos algarismos. Voltei a indaga-lo, desejaria saber se os tais números já havia lhe dado boas somas no passado. Que nada, respondeu o homem sorridente, mas um dia eu embaraço neles e fico rico. Pensei comigo: “Como podem ser da sorte. Já pensou se fossem do azar?”. Apanhei uma cartela e comecei a marcar para que todos pudessem ver. Meus números da sorte foram um, dois, três, quatro, cinco e seis. Um rapaz, curioso, olhou e logo sentenciou: “Já perdeu!”. Por quê, indaguei-o. “Porque nem se Deus quisesse sairiam os seis números seguidos”. Respondi em bom som, os seis números que marquei estarão no globo juntamente com os seis que você marcou, a chance dos meus saíres é a mesma dos seus. Ver como é difícil acertar este negócio? Meti meus dois contos no bolso e fui embora. Como pode um rapaz como eu perder dinheiro num jogo que só traz alegrias ao dono da banca? Esta malandragem o Governo dá o aval, as outras são de azar. Coitado do povo brasileiro, é surrupiado o ano todo e para fechar com chave de ouro o ano, eles ainda iludem com uma falsa esperança de uma vida abonada. Sou mais esperar pela visita do Papai Noel que sonhar em acertar e levar a ilusão da Mega-Sena.

Comments are off for this post